|   CAIXA DE TRANSMISSÃO PRINCIPAL   |  

 

 

Caixa de Transmissão Principal, de um AS 350 - Esquilo, em corte.

 

Os sistemas de transmissão têm a função básica de transmitir o(s) movimento(s) do(s) motor(es) à um receptor de potência. Este receptor pode ser um rotor principal ou rotor de cauda de um helicóptero ou à hélice de um avião. A transmissão normalmente consiste de um trem de engrenagens que forma um sistema de redução e um sistema de transmissão de movimento em ângulo. Devem ser forte o suficiente para suportar toda carga dinâmica, ou seja, a transferência de potência entre o(s) motor(es) e o receptor.

Tratamentos de superfície nos dentes das engrenagens e  montagens precisas dos componentes da transmissão são primordiais para o seu bom funcionamento. O sistema não pode falhar, deve ser o menos barulhento possível e funcionar por muitas horas ininterruptas. No passado as caixas de transmissão eram grandes e pesadas. Na atualidade com o domínio de novas técnicas de tratamento de superfícies as transmissões diminuíram de peso e se tornaram menores. Essas tecnologias são bastantes utilizadas nos helicópteros que em geral possuem duas ou mais caixas de transmissões.

 

  Voltar